Escola Nogueira da Vila Boa Vista poderá ter o período notruno fechado

Representantes de pais, alunos, professores e da comunidade da Vila Boa Vista em Campinas estiveram juntos com os Vereadores Paulo Búfalo e Gustavo Petta (representantes da comissão de Educação da Câmara Municipal de Campinas) , em reunião na Diretoria de Ensino para dizer em alto e bom som que não aceitam o fechamento do Período Noturno da Escola Prof. José Carlos Nogueira localizada no bairro.
O Período Noturno na escola existe a mais de 40 anos e foi uma conquista histórica dos moradores da época, pois havia muita evasão escolar, devido aos jovens buscarem emprego pra ajudar no sustento de suas famílias.
O Governo do Estado pretende realizar o fechamento da escola no período noturno devido a uma política de redução de custos, porém diversos alunos poderão ser transferidos para outros locais distantes ou deixarem de estudar porque não existe transporte regular para outros bairros próximos, e caso sejam transferidos para outras escolas, poderá ocorrer dificuldade no transportes, riscos de assaltos e stress excessivo devido ao tempo de deslocamento, retirando dos jovens sua qualidade de vida.
Movimento de Luta contra o fechamento Noturno
Professores, Alunos e representantes de pais vem denunciando a meses a falta de diálogo entre a Diretoria de Ensino e a comunidade para resolver o impasse. Eles resolveram criar o Comitê de Luta contra o Fechamento do Noturno e procuraram a Comissão de Educação da Câmara de Campinas, a APEOESP (Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo) e a Rádio Noroeste para denunciar esta tentativa de fechamento da escola.
O Movimento vem ganhando adeptos na comunidade e exigiram a realização de assembléias populares para debater a situação. Uma primeira assembléia virtual foi marcada para o próximo dia 31 de Agosto (terça feira), as 18 horas e é aberta para moradores, alunos e interessados e poderá ser acessada no seguinte endereço eletrônico: https://meet.google.com/kee-epey-jiy
A Rádio Noroeste vem acompanhando a crise desde seu inicio e também se posicionou contra o fechamento, inclusive propondo alternativas para o não fechamento do noturno, como a possibilidade de abertura de curso pré-vestibular.
Segundo especialistas a proposta de fechamento da escola em período noturno pode ser considerado crime, pois fere o Estatuto da Criança e Adolescente, e caso o Governo do Estado permaneça com esta proposta os moradores prometem recorrer a Justiça e manifestações públicas contra esta decisão.

Redação Rádio Noroeste
Jerry de Oliveira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *